Artigo escrito por: Fernando Moutinho ( falcão fundador )

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

Na Ordem de Serviço nº 35 de 4 de Fevereiro de 1958 (pág. 120), pode ler-se:

“Artº 12º - ESQUADRA Nº 50

         Que a Esquadra a ser equipada com aviões F-86, em organização, passe a ser comandada pelo Capitão Piloto Aviador – Gualdino Maria Moura Pinto” 

A USAF forneceu um equipamento denominado, MTU (Mobile Training Unit), para treino e familiarização com o novo equipamento, do pessoal da futura Esquadra.

O 1º Curso começou em 7 de Março do mesmo ano.

Além dos pilotos formar-se-á variado pessoal técnico.

A delegação da USAF para treino do pessoal era constituida por dois pilotos e por pessoal mecânico especialista.

     A chefia da missão era do Major piloto Akolla e secundada pelo Capitão piloto Brown e M/Sgt Lukert responsáveis pela instrução estática.

Foto de entrega de diplomas aos instruendos.

Eis um exemplar de um Diploma

     De referir que quer o Major Akolla quer o Capitão Brown eram experimentados pilotos de F-86F, tendo combatido na Guerra da Coreia.

     Ainda como Esquadra 50 temos para documentar a foto do anel que, ciosamente, guardo.

Como nasceu a pintura dos aviões?

Dum modo despretensioso e ocasional.

Sempre gostei de construir kits em plástico e, como se entenderá, o F-86 foi de imediato procurado e construido. Para não deixar o modelo em “branco” pintei a ponta do nariz, as pontas de asa, as extremidades da cauda em azul.

Ao oferecer, ao Comandante da Esquadra, o modelo para embelezar a secretária, ficou tão satisfeito que de imediato pôs à aprovação do restante pessoal a proposta de adaptação daquele esquema de cor. Concordaram com uma alteração, a pintura da “deriva” na mesma cor.

     Quanto aos “Falcões” foi a proposta do Cap. Moura Pinto com a “adopção” do falcão Peregrino.

     Finalmente, na Ordem de Serviço nº 254 da B.A. 2 de 11 de Setembro de 1958, na sua Pág. 864, pode ler-se:

 

Artº7º - DESIGNAÇÃO DOS GRUPOS E ESQUADRAS DE CAÇA

 

         Que, por determinação superior, os Grupos e Esquadras de Caça, passem desde esta data, a terem as seguintes designações:

 

         Grupo de Caça nº 210    Esquadra de Caça nº 21 (antiga 21)

                                               Esquadra de Caça nº 22 (antiga 20)

         Grupo de Caça nº 501    Esquadra de Caça nº 51 (antiga 50)

                                               Esquadra de Caça nº 52 (a formar)

Foi, portanto, foi a 11 de Setembro de 1958 que nasceu, a

ESQUADRA 51

e os seus Falcões

que tão belas páginas deram à Força Aérea Portuguesa

 

Guerra ou Paz ?                       tanto nos faz

Guerra ou Paz?                        tanto nos faz

Guerra ou Paz?                        tanto nos faz

KIAK........................................

 

[ voltar atrás ]

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

 

Página optimizada para resoluções 1024x768 | I.E. 5.0 ou superior

Ricardo Nunes © 2003 Todos os direitos reservados | Disclaimer | Novidades